Sua empresa investe em treinamento de liderança? Se esse termo soa inédito aos seus ouvidos, fique atento: hoje, existem diversos modelos de liderança e uma infinidade de variáveis comportamentais de cada gestor que afetam substancialmente suas ações em comando.

Além disso, as responsabilidades conferidas aos líderes podem levar uma empresa ou setor do fracasso total a mais absoluta e inquestionável conquista de resultados.

Se sua empresa regularmente discute o dilema sobre a relevância do conteúdo destes treinamentos, saiba que eles podem ser fundamentais para o sucesso!

Leia agora nesse post tudo que é preciso saber sobre treinamentos de liderança e descubra porque eles são tão importantes!

O papel do líder é essencial

O papel de líder não foi criado pelas organizações, e a natureza é uma prova disto. No entanto, os ambientes corporativos podem ser muito mais vorazes e tornarem esta função muito mais complexa e estratégica.

Nesse contexto, os efeitos de uma boa liderança para uma empresa são facilmente identificados. Entre eles, podemos destacar:

Engajam a equipe

Uma das funções mais tradicionais do líder é motivar através do seu exemplo e de suas orientações, apoiando o desenvolvimento profissional de sua equipe.

Alguns líderes são escolhidos por dominar o conhecimento acerca de uma tarefa, mas essa qualidade por si só não é suficiente para engajar e aumentar a produtividade.

Alguns treinamentos de liderança abordam esse aspecto, dando ao líder conhecimento para identificar as necessidades de cada funcionário e desenvolver incentivos assertivos para cada um dos casos.

Favorecem um ambiente inovador

Um líder bem capacitado consegue identificar e usar as potencialidades de cada membro da equipe, fazendo com que novas ideias surjam de forma criativa.

Ao contrário dos chefes centralizadores, eles são os principais incentivadores para que a equipe participe dos processos de criação e decisão, tornando o ambiente muito mais inovador e participativo.

Seus funcionários tendem a se sentir muito mais responsáveis pelos resultados, sejam eles positivos ou negativos.

Conquistam melhores performances e resultados

Seja desenvolvendo seus funcionários ou analisando os resultados da equipe, o gestor precisa tomar decisões que atendam as necessidades da empresa e de sua equipe.

Reduzir custos operacionais, aumentar o volume de vendas ou de produção são constantes exigências das empresas. Enquanto isso, os colaboradores estão sempre demandando melhores condições de trabalho, menor volume de cobranças e melhores benefícios.

Neste sentido — e usando sua liderança —, o gestor deve buscar o equilíbrio entre as duas partes e obtém as melhores performances possíveis que seus recursos permitem.

Descobrem e retêm talentos

Como precisa ter um nível de atenção elevado com sua equipe e está sempre atuando em conjunto com ela, o gestor é capaz de identificar talentos humanos estratégicos para a empresa.

Esta função é primordial para que esses talentos sejam desenvolvidos e permaneçam na empresa, contribuindo com seus conhecimentos e habilidades diferenciadas, seja para tornarem-se novos líderes ou especialistas.

Melhores treinamentos de liderança

Líderes também precisam de treinamentos técnicos e motivacionais regularmente. Outros cursos podem ter grande funcionalidade para os gestores que lideram as equipes. Entre eles, podemos citar:

Treinamentos técnico-operacionais

Abordam principalmente o aprofundamento ou atualização de conhecimentos técnicos da função ou setor trabalhado.

É o caso de gestores de marketing, por exemplo, que podem ampliar seus conhecimentos de inbound marketing. Ou ainda de líderes de atendimento ao cliente, que podem desenvolver suas habilidades de gerenciamento de conflitos em um treinamento direcionado para este fim.

Treinamentos comportamentais

Esses treinamentos abordam o aspecto comportamental do líder, o qual ele deve desenvolver com sua equipe.

Tópicos como gerenciamento do tempo, como realizar reuniões produtivas, autodesenvolvimento, como lidar e orientar sobre mudanças no ambiente de trabalho, maneiras de motivar e identificação de sintomas de estresse da equipe são alguns exemplos de tema nesses treinamentos.

Outro tema cada vez mais abordado em treinamentos comportamentais para líderes é o combate à alienação pela automação dos processos.

Com o aumento da utilização de computadores e softwares no ambiente de trabalho, funcionários tendem a ficar menos atentos aos processos, confiando demasiadamente nos computadores.

Coaching

Cursos de coaching auxiliam líderes a identificar seus pontos que precisam ser desenvolvidos, suas potencialidades e também podem habilitá-los a se tornar coachs de seus funcionários.

O coach atua como um técnico, assessorando seus funcionários a desenvolver suas habilidades para garantir as melhores performances.

Elementos essenciais para um curso de liderança

Esses cursos e treinamentos podem ser terceirizados por uma instituição específica ou desenvolvidos internamente pela empresa. Para agregarem valor e terem a participação efetiva dos líderes, eles precisam apresentar conteúdos atualizados e didática envolvente.

Conteúdos atualizados e práticos

Todo curso de liderança pode abordar o tema motivação, mas seu conteúdo deve estar sempre alinhado às novas tendências e pesquisas da área, ou o investimento no curso será jogado fora.

É preciso lembrar que é comum que líderes estejam sempre lendo e buscando informações que podem agregar em suas rotinas de trabalho.

Didática envolvente e cativante

Outro elemento fundamental para treinamentos de liderança é que eles precisam conquistar um público exigente, que não raramente conhece e aplica técnicas e dinâmicas para suas equipes quando estes estão em treinamento.

Criar um conteúdo interativo, com estudos de casos e ambientes que favoreçam a interação e troca de conhecimento entre os participantes é fundamental.

Além de envolver o público, favorecer a troca de conhecimento também permite que eles identifiquem outra fonte de aprendizagem e promovam um networking, que poderá fomentar troca de informações mesmo depois do final do curso.

Convite para a prática do novo conhecimento

Treinamentos que sugerem um trabalho de conclusão, ou um projeto a ser desenvolvido na empresa para certificar o participante, cria um compromisso entre o líder e o conteúdo — e esse comprometimento também é motivador.

A escolha dos treinamentos de liderança de uma empresa deve considerar uma série de fatores e valorizar as habilidades dos gestores que os fizeram líderes. Respeitando essa lógica, os treinamentos serão sempre bem-vindos e agregadores para líderes e a empresa!

Investir em um treinamento de liderança deve ter uma finalidade para que seus custos sejam justificados, não é mesmo? Está discutindo estes pontos com outros gestores da sua empresa? Compartilhe este post em suas redes sociais e deixe-os por dentro do assunto!