O plano de marketing é a etapa responsável por definir os rumos das estratégias de marketing de uma empresa. Estabelecer preços competitivos, organizar a distribuição, criar/reavaliar um produto ou definir ações promocionais com um embasamento deficiente não parece ser uma opção muito saudável. Desse modo, é imprescindível ficar de olho em cada estudo, análise e projeções pertinentes ao planejamento.

Evitar os principais erros é o primeiro e o mais importante passo para elaborar um plano de marketing impecável. Neste post, listaremos os equívocos mais comuns, como eles afetam o seu planejamento e o que deve ser feito para corrigi-los. Continue acompanhando!

Não fazer pesquisas de mercado

O bom plano de marketing deve oferecer um diagnóstico detalhado do mercado em que sua empresa está inserida. Não realizar uma análise de ambiente significa implementar um projeto sem considerar o impacto das variáveis mercadológicas, como a concorrência, os aspectos econômicos e o ambiente interno da sua organização.

Pesquisas de mercado dão trabalho, consomem bastante tempo, mas são necessárias para apontar as oportunidades e ameaças ao bom desempenho das suas estratégias. Portanto, invista o que for necessário nessa etapa para retirar o máximo de informações possíveis e, assim, deliberar ações de forma mais segura.

Esquecer de criar personas

Se você deixar passar despercebida essa etapa, suas estratégias terão um problema sério de segmentação. Não ter personas é como não saber para quem você se comunica e promove seus conteúdos, ideias, ofertas, etc. Isso faz com que seus projetos nem tenham continuidade.

Outro detalhe: contar apenas com um público-alvo é pouco, sua definição não oferece a profundidade necessária para segmentar da melhor forma suas ações de marketing.

Não hesite em criar personas, mesmo que o processo seja trabalhoso. É necessário fazer pesquisas com seus clientes e prospects, levantar informações mais detalhadas, analisar os dados e, a partir deles, criar os perfis que servirão de base para direcionar as estratégias de marketing e vendas da empresa.

Não estabelecer objetivos e metas

Se não saber para quem um projeto é desenvolvido já é complicado, imagina não ter uma finalidade para tal? Seus objetivos e metas devem apontar aonde você quer chegar com suas estratégias.

No plano de marketing você deve considerar sua pesquisa de mercado e o histórico da empresa para criar objetivos e metas realistas, tangíveis e mensuráveis.

Sempre é bom lembrar que os objetivos são os resultados finais esperados, como um aumento de 10% no faturamento em um ano. Já as metas são como objetivos secundários, necessários para alcançar o principal. Elas podem ser: atrair mais N clientes para loja, gerar X leads, etc.

Não traçar um plano de ação

Sem um plano de ação o planejamento nem é concluído, a não ser que você parta para a execução na base dos achismos. Essa etapa é responsável pela definição das estratégias (canais, formatos, conteúdos, ferramentas), do orçamento e do cronograma das atividades.

O plano de ação deve estar alinhado às personas e aos seus objetivos. Só assim será possível escolher as técnicas mais apropriadas, como inbound marketing, e-mail marketing, compra de tráfego, entre outros

Ignorar as métricas e KPIs

Os indicadores são relevantes para situar o desempenho das suas ações dentro dos objetivos e metas estabelecidos. Seus colaboradores ficam sem referências quando estão desprovidos desses parâmetros. Além disso, as medidas são importantes para identificar problemas e otimizar as ações dentro do cronograma.

No plano de marketing você deve estabelecer KPIs e métricas relevantes para o negócio, fáceis de serem analisados e condizentes com as metas. Os indicadores mais importantes são o ROI (retorno sobre investimento), Custo de aquisição de clientes, Lifetime value e NPS (Net Promoter Score).

Cada uma dessas falhas, quando cometidas, torna o seu plano de marketing menos inteligente. Isso se reflete mais adiante, na execução das estratégias e na mensuração dos resultados, que certamente terão seus processos comprometidos. Em resumo, um trabalho de marketing bem-feito precisa de um planejamento bem estruturado, do contrário, sua empresa dificilmente alcançará seus objetivos de negócio.

Algum desses erros já foi cometido em sua empresa? Se sim, qual impacto teve no plano de marketing? Apresente um pouco da sua experiência nos comentários. Participe!