No cenário competitivo do mercado atual, as empresas que não se planejam corretamente tendem a ficar para trás. Assim nasce a necessidade de um bom planejamento de marketing que auxilie seu negócio a crescer e expandir sua participação no mercado.

No post de hoje, preparamos algumas dicas para você conhecer as melhores práticas para montar seu planejamento de marketing. Vamos lá?

Faça uma análise do ambiente

Analisar o ambiente onde a empresa está inserida permite conhecer a real situação de seu produto/serviço em comparação ao restante do mercado. Dessa forma, é possível identificar quais são os pontos fortes e em quais aspectos sua marca deixa a desejar se comparada às dos seus concorrentes.

A análise do ambiente deve conter fatores internos e externos que podem exercer influência direta no seu negócio, como por exemplo:

Econômicos: inflação, taxa de juros, oscilações na economia que afetam diretamente a sobrevivência de seu negócio;
Socioculturais: características gerais da população, como cor, escolaridade, profissão, estado civil, comportamento, necessidades, etc;
Legais: relacionado às leis que regem o setor de sua atuação;
Tecnológicos: estar atualizado com relação às tecnologias atuais;
Concorrência: análise de seus concorrentes para entender seus processos e prever suas ações.
Internos: tudo que se refere ao ambiente interno de sua empresa, como recursos financeiros, recursos humanos, tecnologia disponível, entre outros.

Uma dica é utilizar essas informações para criar uma análise SWOT, identificando as oportunidades e ameaças a partir de seus fatores externos, e as forças e fraquezas de seu negócio a partir dos fatores internos.

Defina seu público-alvo

O seu planejamento de marketing precisa atingir as pessoas certas para ter sucesso, portanto, fazer uma correta definição do publico alvo e das personas é essencial. O primeiro passo é definir um público-alvo, assim você terá informações gerais como sexo, faixa etária, regiões, renda, etc.

Em seguida, crie as personas. Elas são perfis semificcionais de seu cliente ideal, ou seja, um personagem que o simboliza. São ideais por saírem das generalizações e tratarem de assuntos mais profundos dos clientes, como comportamentos, objetivos, necessidades, receios, entre outros.

Pense nos seus objetivos e metas

É muito importante ter objetivos e metas claras e tangíveis, pois todas as ações de sua empresa serão guiadas tendo-as como base. O objetivo é o resultado final a ser alcançado, portanto, ele precisa ser criativo, audacioso, quantificado e muito bem embasado em conhecimentos do mercado.

Já as metas servirão de apoio para que o objetivo final seja alcançado. Logo, é importante que todas elas auxiliem de alguma maneira esse objetivo.

Estabeleça suas estratégias

Definidos os objetivos e metas é hora de escolher quais estratégias serão utilizadas para atingir o resultado esperado e obter vantagens sobre a concorrência. Existem diversas opções de ações que podem ser pensadas, como:

Inbound Marketing;
Email-marketing;
Iscas digitais;
Links Patrocinados;
Mídias sociais

É preciso avaliar quais ações estratégicas são as mais recomendadas para atingir os objetivos da empresa e colocá-las em prática.

Tenha um cronograma

O cronograma é a ferramenta que possibilitará o acompanhamento das ações, evolução dos projetos, prazos para conclusão e avaliação dos resultados alcançados. Sem ele, a equipe poderá não saber administrar devidamente seus esforços para as ações corretas.

Devido à dinâmica do marketing e do mercado, o cronograma precisa ser constantemente revisado e atualizado.

Monitore a satisfação de seus clientes

Outra etapa importante em seu planejamento de marketing é descobrir se o desempenho geral ficou dentro do esperado e tomar ações preventivas e corretivas caso necessário, visando sempre à satisfação de seus clientes.

Agora ficou mais fácil construir um plano de marketing para sua empresa, não é mesmo? Para continuar a receber conteúdos como este, assine nossa newsletter!