O marketing digital cresceu e continua crescendo. E, por se tratar de uma estratégia de negócios, requer planejamento adequado e execução cuidadosa.

Para não cair em armadilhas do tipo, o empreendedor precisa ter em mente o que está envolvido em uma estratégia de marketing digital, como fugir dos erros comuns e seguir os passos de quem já teve sucesso de verdade.

Veja do que você precisa para desenvolver e manter uma boa estratégia de marketing digital!

O que está envolvido em uma estratégia de marketing digital

Com a estratégia certa é possível, sim, conseguir resultados astronômicos. E o melhor, o que funciona para um pode ser replicado por outros, afinal, processos existem para aplicar conceitos em escala.

O que o empreendedor ou gestor não pode esperar é que isso aconteça num “piscar de olhos”, ou que não envolva muito trabalho e disciplina.

Em muitos casos, acontece de o plano ser perfeitamente traçado, mas a execução ser falha ou inconstante, comprometendo totalmente os resultados.

Esses motivos nos levam a destacar pelo menos três aspectos diretamente envolvidos no sucesso de uma estratégia digital:

  1. Investimento: mesmo que os recursos financeiros sejam relativamente poucos, há muito investimento de tempo e energia em criar e executar um plano de marketing bem-sucedido;
  2. Paciência: produzir conteúdo dá ótimos resultados, mas é um projeto a longo prazo, e isso precisa ficar claro desde o início;
  3. Regularidade: a empresa que não mantém a regularidade jamais vai conseguir resultados reais, só vai perder tempo e dinheiro.

5 erros comuns que você precisa evitar

Os erros fazem parte do dia a dia, e alguns deles você só vai saber como evitar depois de já ter cometido. Mas isso não quer dizer que você não pode (e deve) aprender com as falhas de outros profissionais.

Veja alguns dos erros mais comuns de marketing que a sua empresa deve evitar para não perder dinheiro:

1. Usar alguma tecnologia só porque é “moda”

A transformação digital está a todo vapor, e com ela surgem novas tecnologias — cada uma com potencial para se tornar tendência — a todo momento.

Essa evolução em si, pode ser muito positiva, pois o mercado vai ditar quais novidades são realmente relevantes e merecem continuar sendo usadas, e quais não passam no teste do tempo.

O perigo é adotar uma nova tecnologia ou ferramenta só porque está na moda. Pode parecer tentador fazer isso, até porque a aversão à perda é um dos principais gatilhos mentais que levam uma pessoa a agir.

Antes de se deixar pelo “efeito manada”, pense em como aquela tecnologia realmente vai impactar seu negócio, e quais seriam as consequências de esperar mais ou de a estratégia dar errado.

2. Não aprender a usar as ferramentas certas

Talvez você tenha escolhido todas as ferramentas certas para realizar cada ação de marketing e vendas do seu negócio, sem deixar sequer uma de fora.

Mas, de que isso vai adiantar se não aprender a usar cada uma delas da maneira correta? O ponto é: além de selecionar as ferramentas, é fundamental tirar tempo para aprender a usá-las, e isso vale para o time de marketing todo.

Aí entra um erro comum “escondido” nessa lista: não dar treinamento para os colaboradores. Sem treinamento não há capacitação, e sem capacitação não há resultados.

3. Deixar de estabelecer prazos

Muitas empresas falham em definir um prazo para o cumprimento dos objetivos de marketing, o que compromete todo o funcionamento da estratégia.

Por melhor que seja o seu plano ou sua habilidade de executá-lo, a falta de um prazo vai deixar a equipe em uma zona de conforto muito grande, ou mesmo tornar mais difícil estabelecer as prioridades e a ordem dos eventos.

Por outro lado, quando você estabelece prazos certos, tendo em vista o que é mais importante em cada etapa do planejamento, ajuda a manter cada profissional focado no trabalho e faz com que as metas sejam reais.

4. Produzir conteúdo superficial

A produção de conteúdo, quer por meio do seu blog, canal de vídeos, redes sociais ou qualquer outro canal, é uma constante no marketing digital de resultados.

É preciso primeiro gerar valor para a persona, para que ela se sinta inclinada a confiar na sua marca e iniciar uma relação (que futuramente será comercial) com ela.

O problema é quando o time de marketing entende errado o conceito de geração de valor. Isso implica em produzir conteúdos de qualidade, ou seja, que sejam relevantes e interessantes para o público.

A internet está cheia de conteúdo superficial, que entrega pouco ou nenhum valor — e, por vezes, ainda copia abertamente o que outros já fizeram.

Esse é um dos erros mais graves que você pode cometer. Gaste um bom tempo pensando em como ser realmente útil e produza materiais dignos do engajamento da sua persona.

5. Investir apenas em canais de aquisição pagos

Os canais de aquisição pagos ainda têm seu valor dentro de uma estratégia digital, isso é inegável.

Visto que os esforços de atração orgânicos levam um certo tempo para dar frutos, usar anúncios, influenciadores e outros recursos patrocinados ajudam a acelerar os resultados.

Mas, investir em anúncios como a principal tática de marketing digital é jogar dinheiro fora. Além de darem resultados somente a curto prazo, essas ações não têm os mesmos resultados que o Inbound Marketing apresenta.

Use links patrocinados e outros canais pagos de aquisição como complemento das táticas de crescimento orgânico, e não no lugar delas. Isso vai garantir a expansão contínua e saudável do seu negócio.

4 passos para uma estratégia de marketing digital de sucesso

Como já dito, o marketing digital se baseia em processos sólidos, que podem ser replicados e adaptados de acordo com as circunstâncias de cada negócio para dar melhores resultados.

Com base nesses processos, podemos montar um passo a passo que vai te ajudar a traçar e seguir à risca sua própria estratégia. Faça o seguinte:

1. Elabore uma pesquisa completa

Antes de começar listando as tarefas, é preciso preparar o terreno para fazer uma pesquisa completa sobre o negócio e o mercado no qual está inserido.

As perguntas mais importantes que você precisa responder na fase de pesquisa são:

  • Qual é a estratégia de marketing dos concorrentes?
  • Quem são seus clientes atuais?

 

A primeira vai ser importante para saber se os seus competidores já fazem marketing digital, como investem nisso e que resultados têm tido.

A partir daí, você poderá encontrar brechas e explorar possibilidades diferentes, ou até usar algumas táticas similares que tenham bom ROI de marketing.

A segunda é respondida pela criação de uma persona, que vai nortear todo a comunicação da sua empresa com o público, desde a produção de conteúdo até o tom de conversa nas redes sociais e e-mail marketing.

2. Desenvolva um plano de ação

Depois de conhecer bem a estratégia dos concorrentes e quem é o seu cliente, é hora de fazer um plano de ação. Esse plano deverá conter todas as atividades que a  sua empresa irá seguir.

Quais canais vão ser utilizados para interagir com a persona? Quem vai produzir o conteúdo, e com que frequência ele será publicado? Quais ferramentas usar para automatizar as tarefas mais repetitivas?

Todos esses detalhes fazem parte de um bom plano de ação, que vai se complementar com o 3° passo dessa lista: um cronograma exato.

3. Estabeleça seu cronograma

É preciso coordenar as ações e acertar a ordem dos eventos. Por exemplo, suponha que o seu plano de ação envolva criar um blog e perfis nas redes sociais.

Para isso, estabeleça um cronograma para ser seguido por você e pela equipe, garantindo que todos os envolvidos estejam cientes das tarefas que devem ser feitas no período determinado.

Um bom cronograma garante que tudo seja feito na ordem certa e traga resultados melhores.

4. Crie uma estrutura para análise de resultados

A análise de resultados, que acontece quando se usam métricas e indicadores-chave de desempenho (KPIs) adequados para os objetivos da empresa, é o que vai mostrar se a estratégia está funcionando ou não.

Então, crie uma estrutura que torne essa análise fácil, rápida e parte da cultura da empresa. Como?

Escolha as métricas mais apropriadas para cada objetivo, as ferramentas mais indicadas para acompanhá-las e transforme os dados encontrados em soluções e ideias.

Além disso, integre a análise de resultados no modelo de gestão da empresa, para que todos os colaboradores tomem decisões baseados no que traz retorno.

Desenvolver e executar uma estratégia de marketing digital é a melhor coisa que você pode fazer pela sua empresa. Isso exige investimento, paciência e regularidade, mas seguindo os passos certos, você conseguirá os resultados que sempre buscou.

Além de desenvolver uma boa estratégia de atração, vale a pena investir em automação. Por isso, confira o post sobre automação de marketing e descubra como agilizar processos e aumentar resultados!

Conteúdo produzido pela equipe da Rock Content!