Todo investimento em marketing deve trazer retornos palpáveis para a empresa, não é mesmo? E um orçamento de marketing bem definido faz toda diferença nos resultados finais.

Por isso, é extremamente importante que o empreendedor crie um orçamento condizente com o mercado, atendendo tanto às necessidades do negócio como às expectativas de geração de resultados em um futuro próximo. Mas como fazer isso?

É o que explicaremos no post de hoje! Continue a leitura e confira algumas estratégias infalíveis para definir seu orçamento de marketing e alavancar de uma vez por todas o seu negócio.

Fique de olho no mercado

Sabemos que empresas do mundo todo fazem constantes pesquisas para conhecer as principais tendências do mercado — e isso, é claro, inclui o marketing!

Nessas pesquisas, são consultadas outras empresas de diversos tamanhos e segmentos, o que ajuda a criar um senso comum sobre o que deve ser feito em relação aos investimentos e às estratégias.

Desse modo, torna-se possível definir o orçamento de marketing com maior segurança e, assim, fazer frente à concorrência.

Baseie suas decisões em dados

Na hora de definir seu orçamento de marketing, é importante que as empresas tenham em vista dados mercadológicos devidamente comprovados, para que saibam como atuar em um futuro próximo e possam desenvolver estratégias mais eficazes.

Para ter acesso a esses dados, basta acompanhar o trabalho de companhias de consultoria que disponibilizam tal tipo de informação. Também vale a pena até ficar de olho nas notícias relacionadas ao assunto — afinal, informação nunca é demais, não é mesmo?

Nesse sentido, crie alertas, assine newsletters, acompanhe blogs de empresas que estão à frente da concorrência internacional, interaja com agentes do mercado e esteja envolvido no ambiente de negócios da empresa.

Tudo isso contribui, e muito, para você conhecer as tendências e os cenários esperados para o seu segmento, auxiliando na definição do orçamento de marketing da sua empresa.

Defina objetivos para o orçamento de marketing

Com o conhecimento adquirido a respeito das práticas de mercado, você terá insumos para iniciar o planejamento e a construção do orçamento de Marketing. Assim, o próximo passo essencial é definir quais são os objetivos esperados com esse investimento, e alinhá-los com a alta gestão da empresa.

Essas metas podem ser o aumento de seguidores nas redes sociais, aumento de engajamento, captação de leads ou, efetivamente, o aumento nas vendas e no faturamento. De toda forma, é essencial que sejam vinculados a números.

Para isso, você pode definir seus objetivos com um cálculo simples: estime o resultado para os próximos 12 meses de cada produto, caso você não realize nenhum investimento em Marketing. Agora, defina os resultados que você gostaria de alcançar se fizer uma campanha de marketing.

Dessa forma, o seu objetivo é a diferença entre esses dois números.

Conheça o público-alvo da estratégia de marketing

O caminho mais eficiente para atingir seus objetivos é conhecer profundamente o público-alvo da empresa. Adaptando, assim, suas estratégias e ações de marketing ao perfil dos consumidores que se quer atrair. Portanto, não economize tempo no estudo do perfil de seus clientes.

Dessa forma, você será capaz de realizar ações segmentadas, totalmente personalizadas para os interesses de seu target e que, certamente, colaborarão com a otimização dos investimentos a serem realizados!

Invista em marketing digital

Para você ter uma noção melhor sobre a real importância desse tipo de investimento, vejamos alguns dados retirados do Relatório de Orçamentos de Marketing deste ano, da empresa Econsultancy em parceria com a Oracle Marketing Cloud.

Trata-se de informações super relevantes sobre o planejamento das empresas em marketing digital. Quanto ao investimento em marketing digital, propriamente dito, tem-se:

• Aumento de 73% nas empresas que investem em marketing de conteúdo;
• Aumento de 68% nas empresas que investem em geração de leads;
• Aumento de 60% nas empresas que investem em SEO;
• Aumento de 60% nas empresas que investem em e-mail marketing para engajamento e retenção;
• Aumento de 58% nas empresas que investem em anúncios em vídeos;
• 77% das empresas planejam investir em marketing digital em 2015, enquanto a intenção de investimento em outras formas de marketing fica nos 63%;
• 79% das empresas pretendem investir em tecnologias de marketing digital;
• Aumento de 56% nas empresas que investem em automação de marketing.
• E vale ressaltar que esses dados têm como base de comparação o ano de 2014, quando as porcentagens de investimento em marketing digital foram menores.

Diante disso, fica fácil perceber que existe, sim, uma tendência crescente de investimento em marketing digital no âmbito empresarial, certo? Então, vai ficar fora dessa, comendo poeira da concorrência?

Planeje onde investir e teste canais

Agora, o próximo passo para definir o orçamento de marketing de forma assertiva é montar um plano de ações que busque atingir os objetivos e impactar positivamente o público-alvo da empresa.

Esse plano deve ser composto por ações de inbound marketing, publicidade, promoções, eventos, entre outras distribuídas durante o ano todo. De modo a organizar as demandas e alocar a verba disponível de forma inteligente.

Com antecipação e planejamento, inclusive, é possível realizar testes A/B para avaliar quais ações e que tipo de canais trazem melhores resultados de negócios da empresa e para a marca.

Logo, graças a esses testes e à agilidade proporcionada pelas ações digitais, é possível alterar campanhas e peças de comunicação a qualquer momento, visando melhorar os resultados alcançados.

Acompanhe os investimentos de perto

Mesmo que seu orçamento esteja perfeitamente planejado e os processos de pagamentos bem azeitados, é imprescindível que os gestores da empresa acompanhem de perto o dia a dia dos investimentos.

Mas essa responsabilidade não pode ficar apenas nas mãos da agência de marketing digital ou do analista que realiza os pedidos de pagamento. O acompanhamento dos gastos permite antecipação a imprevistos, além de análises sobre o ritmo de investimentos X resultados.

Assim, é possível ver quais são os canais que mais consomem a verba, quais meses sobrecarregaram o orçamento e quais são as oportunidades de realocação do budget para os meses seguintes.

Defina e analise os KPIs das campanhas

Os objetivos traçados no início do planejamento orçamentário são transformados em indicadores de performance, e esses KPIs devem estar no foco dos gestores de marketing e da alta gestão da empresa.

Então, a cada campanha realizada, é possível analisar o ROI (Retorno sobre Investimento) e o comportamento das métricas, bem como se houve impacto em vendas, aumento de público nas mídias sociais e aumento de cliques, de visitantes no site, cadastros nas landing pages ou de vendas nos e-commerces.

Todos esses dados auxiliam o departamento de marketing a justificar mais investimentos para o ano seguinte, bem como a realizar ajustes em campanhas e canais da organização.

Enfim, com um estudo de mercado, um planejamento alinhado com a alta gestão, o acompanhamento diário e a análise de KPIs, o orçamento de marketing da sua empresa certamente será definido e gerido com estratégica e foco no sucesso da organização!

E aí, gostou do post? Sobrou alguma dúvida? Deixe-nos o seu comentário e nos conte sobre as suas estratégias para fazer com que todas as ações caibam no seu orçamento!