É impossível ignorar o desenvolvimento da tecnologia. A forma como nos relacionamos com conteúdos e marcas é totalmente diferente de alguns anos atrás. Você já reparou que o perfil do consumidor mudou da água para o vinho? A partir de agora, as empresas que não estiverem dispostas a abrir canais de diálogo com seus públicos estarão com os dias contados. O perfil do novo consumidor é mais ativo: hoje as pessoas exigem uma relação de igual para igual com as marcas e querem ser prontamente atendidas em suas demandas.

Neste post, vamos mostrar como o perfil do novo consumidor afeta o seu negócio. Também falaremos sobre como você pode se adequar, desenvolvendo uma estratégia de marketing digital estruturada. Confira!

 

Perfil do consumidor: o que mudou?

Durante décadas, como consumidores, fomos acostumados a manter uma relação distante das marcas presentes no nosso dia a dia. Era assim para todos os tipos de produtos e serviços, da alimentação ao vestuário. A comunicação costumava ser unilateral: a marca falava e o consumidor escutava.

Com a popularização da internet, essa realidade mudou. O consumidor de hoje tem muito mais acesso a todo tipo de informação. Consequentemente, as pessoas têm uma expectativa muito maior em relação à qualidade do atendimento, dos produtos e dos serviços.

Além disso, houve um grande avanço nos direitos do consumidor. Atualmente, a maioria das pessoas tem noção das obrigações das empresas junto aos seus clientes, podendo cobrar atitudes e soluções concretas.

Como isso afeta o seu negócio?

Em primeiro lugar, a transparência se tornou um pré-requisito para as empresas que quiserem seguir firmes no mercado. Passar informações enganosas ou listar qualidades exageradas para vender produtos ou serviços gera reações extremamente negativas.

O mesmo acontece quando o produto, serviço ou atendimento ao cliente é ruim: o cliente rapidamente compartilha sua opinião nas redes sociais, influenciando centenas ou até milhares de pessoas em um piscar de olhos.

Na realidade, a liberdade de escolha é tão grande que os consumidores vão além. Agora, já não basta que uma marca tenha produtos de qualidade. As pessoas querem se relacionar com marcas que defendam causas em que elas próprias acreditam, como a preservação do meio ambiente, igualdade social e de gênero, entre tantas outras.

Qual a relação entre o marketing de ontem e o de hoje?

Esqueça a ideia de “vender” como algo isolado. Esqueça a velha mania de falar apenas sobre as qualidades do seu produto. Esse é o marketing de ontem.

O marketing de hoje, com todo o avanço da internet e redes sociais, é um marketing que contribui para a vida das pessoas. Antes de tudo, sua empresa deve ter informações úteis para compartilhar e uma área de atuação bem definida. Deve deixar claro no que acredita e aquilo que não apoia.

Desenvolver uma estratégia de marketing digital estruturada significa pensar no todo. Vai desde educar e informar o potencial cliente — afinal, essa é a sua missão — até garantir a satisfação de quem venha a comprar de você.

Esta trajetória completa é percorrida pelo Inbound Marketing, também conhecido como “marketing de atração”. Essa abordagem de marketing digital une a produção de conteúdo relevante a uma série de estratégias e técnicas para transformar visitantes em clientes felizes. O objetivo é que os clientes influenciem outras pessoas positivamente a partir da sua experiência positiva com a sua marca — explorando da melhor maneira o novo perfil do consumidor.

Aproveite para entender melhor como o Inbound Marketing funciona e como você pode aplicá-lo na sua empresa: Por que Inbound Marketing?

Ao que tudo indica, estamos vivendo um momento inédito na relação entre as empresas e seus públicos. Com tantas ferramentas em mãos, o consumidor tem liberdade para pesquisar, conversar, criticar ou contribuir da forma que desejar. Nesse contexto, as empresas que souberem utilizar os inúmeros canais de comunicação para construir relacionamento vão ganhar verdadeiros defensores para sua marca.

Como é a relação com o consumidor na empresa que você trabalha? Comente aqui abaixo e compartilhe sua experiência!