O marketing de conteúdo é o combustível para levar uma empresa, independentemente do porte ou área de atuação, a qualquer lugar que for planejado. O esforço em desenvolver produtos ou serviços de valor e que sejam bem aceitos pelos consumidores pode ser considerado um veículo capaz de conduzir qualquer companhia a seguir em frente.

Neste sentido, a comunicação de qualidade permite o reconhecimento do mercado e contribui para a credibilidade e a relevância perante os concorrentes.

Se você acredita que o boca a boca é suficiente para divulgar o seu negócio, mesmo essa ação voluntária dos clientes necessita de um planejamento da sua parte. Afinal, é preciso incentivá-los de alguma maneira a fazer isso. E essas pessoas com quem eles dividiram a experiência vão querer saber mais sobre o seu negócio. Daí não adianta: é fundamental ter uma comunicação estruturada. Sem nenhuma referência, nenhuma indicação, nenhuma forma de contato e visualização do seu negócio, certamente essa etapa de reconhecimento vai ficar prejudicada.

Marketing de conteúdo como combustível: sem ele, seu negócio não anda

O marketing de conteúdo é uma ferramenta indispensável para manter um diálogo com o seu público-alvo da forma mais efetiva. Ou seja, ainda naquela analogia do combustível, é preciso escolher o método mais adequado para valorizar o seu desempenho. E vamos explicar por quê.

O ideal é que a mensagem alcance quem realmente pode estar interessado no que a sua empresa tem a oferecer. Além disso, é importante que você tenha espaço para argumentar, que o seu recado seja recebido como útil e bem-vindo. Utilizar meios invasivos para comunicar, mais que uma maneira incômoda de fazer marketing, limita o seu espaço para diálogo. É como usar etanol em carro à gasolina: não vai funcionar bem e vai prejudicar toda a mecânica.

Diante disso, nada melhor do que oferecer um combustível premium: o marketing de conteúdo. Inteligente e eficaz, ele é uma forma assertiva de engajar o seu público por meio de materiais qualificados e relevantes para atrair, envolver e gerar valor para as pessoas, de um modo que elas criem laços com a sua marca e, consequentemente, aumentem mais suas vendas. Para conquistar esses resultados, são utilizadas diversas ferramentas de alto desempenho como canais de transmissão de conhecimento. Acompanhe com a gente quais são:

Blog

A sua principal função é conectar a empresa com o público, expandindo a presença on-line da sua marca e, por consequência, conquistando novos consumidores. Os conteúdos publicados devem sempre surpreender o leitor, seja pela novidade da informação ou pelo formato diferenciado.

E-mail Marketing

É considerado a forma mais popular de fazer marketing de conteúdo, pois pode ser usado como ferramenta eficiente e relativamente barata para promover e disseminar o conteúdo que você produz.

Vídeo

O uso de vídeo está cada vez mais popular. Mas alguns cuidados são necessários, afinal, o público vai perceber se você fizer um vídeo só por fazer. O conteúdo deve ser apresentado de forma simples e objetiva, mas sempre provando ao cliente que você é a solução que ele precisava (e que até aquele momento talvez não tenha se dado conta disso).

Infográfico

É um material que usa principalmente recursos visuais, como fotos, figuras e gráficos, para passar informações (muitas vezes complexas) de forma rápida e clara. Aqui, é indispensável um foco total com a qualidade do design: ele faz toda diferença para uma recepção positiva do conteúdo.

E-book

Os e-books devem ter informação aprofundada e interessante, apoiados em um layout que chame a atenção. São um dos principais materiais de conversão de leads, porque podem ser disponibilizados em landing pages (páginas de destino) que pedem o preenchimento de um formulário.

Webinars

São palestras ou conferências interativas on-line e ao vivo, que dão a possibilidade dos internautas interagirem com quem está apresentando. O ideal é que seja escolhido um assunto que surgiu sob demanda dos clientes/consumidores e a palestra seja conduzida por um especialista neste assunto.

Mídias Sociais

São o principal meio de compartilhamento de conteúdo. Mas não crie contas somente para ter, sem atualizações e conteúdo de valor. Pelo contrário, escolha os assuntos preferidos do seu público, que sejam úteis para ele ou o façam criar um vínculo emocional com a sua empresa. Não esqueça que tudo precisa ser fácil de compartilhar, gostar, curtir, enfim, espalhar-se pela rede.

Para usar bem o combustível, utilize o motor Inbound Marketing

Neste ponto da nossa conversa nós já temos o carro — que é o seu produto, aquilo que a sua empresa oferece —, e um combustível premium, o marketing de conteúdo que vimos há pouco. Mas o que vai fazer tudo isso andar? Qual é o motor? Bom… nós lhe apresentamos o inbound marketing.

Muitas vezes usado como sinônimo, na verdade o inbound deve ser considerado uma boa estratégia dentro do marketing de conteúdo.  Segundo a HubSpot, criadora do termo, o objetivo desse conceito é fazer o seu produto ou serviço ser encontrado on-line, por meio de mecanismos de busca ou do site e das mídias sociais. A ideia surge aliada à geração de leads, ou seja, está focada nas estratégias on-line para transformar estranhos em contatos qualificados e, consequentemente, em consumidores. No topo desse processo os dois se encontram, porque não há como gerar leads sem bons conteúdos. E de acordo com o Google, 62% dos consumidores buscam informações on-line antes de tomar qualquer decisão sobre compra.

Explicando melhor: o inbound marketing, que é o motor, vai levar seu carro para onde você planejar. Para isso, ele vai precisar do combustível, o marketing de conteúdo. Como isso acontece? Por meio daquelas ferramentas que apresentamos anteriormente, você vai atrair pessoas interessadas no seu negócio e elaborar um plano de ação, tipo um funil de vendas, para que eles passem de desconhecidos para visitantes dos seus canais de comunicação. Estando próximas de você, os conteúdos servirão para torná-las leads, quer dizer, contatos qualificados, pessoas propensas a fechar negócio com a sua empresa. Daí são apenas mais alguns passos (porque tudo é um processo bem estruturado e respeitando o tempo desses indivíduos) para que ela passem a ser seus clientes.

É aqui que tudo acaba? Não mesmo! Agora é hora de continuar mantendo contato, enviando conteúdos relevantes e de qualidade para que esse cliente mantenha o relacionamento e seja, de fato, um embaixador da sua marca, falando de você para os contatos que ele tem e trazendo até sua empresa ainda mais leads. Lembrou de algo que já falamos? Isso mesmo! Aqui voltamos ao boca a boca: esta é ainda uma forma estratégica de atração de novos clientes, mas para isso, como alertamos, é necessário que tudo esteja bem estruturado para que você passe uma imagem de confiança e credibilidade.

Por fim, vale destacar alguns pontos essenciais dessa nossa conversa: na hora de desenvolver o seu produto e de executar o seu serviço, não adianta desenvolver o seu melhor para ficar parado. Será um carro só com a carroceria. Você precisa do motor para ir mais longe. Mas esse motor não vai andar — nem durar — sem um combustível de qualidade. Uma coisa depende da outra para alcançar o progresso e o sucesso. Daí a importância da comunicação para a sua empresa e do marketing de conteúdo para o inbound marketing.

Este post foi escrito pelos nossos parceiros da Humantech!