As interações ao vivo não são exatamente uma novidade. Eventos como a chegada do homem à lua, por exemplo, levam o espectador de sua casa diretamente para o local dos acontecimentos.

A diferença hoje é que, esteja onde estiver, quem assiste a um vídeo ao vivo pode interagir diretamente com os atores principais dos acontecimentos. É como se você pudesse, sem sair da sua casa, conversar com Neil Armstrong no exato momento em que ele pisou na lua! Essa possibilidade é instigante e extremamente atrativa para quem gosta de assuntos espaciais, não é mesmo?

Na sua empresa, isso não é diferente: você também pode fascinar o seu público por meio do Live Content. Neste post, separamos os principais motivos para você apostar agora nessa tendência para o marketing de sua empresa. Confira!

O que é Live Content?

Tudo se trata de interação humana. Live Content, traduzido como “conteúdo ao vivo”, é a transmissão de vídeos por quaisquer canais de comunicação.

A ferramenta se tornou popular quando a maior rede social do mundo, o Facebook, a inseriu como um recurso para pessoas físicas e estimulou o seu uso.

Como esse recurso funciona na prática?

O Live Content funciona no mundo digital e existem, basicamente, três tipos de conteúdo ao vivo na atualidade: Self Streaming, Social Live e o Live Broadcast.

Para vídeos simples, tanto em estrutura quanto em conteúdo, utilize o Self Streaming. Essa é a ferramenta mais usada por pessoas físicas nas redes sociais como o Facebook ou o Instagram. Já para fazer com que o público se sinta dentro de um evento promovido por sua marca, prefira o Social Live.

Agora, se quiser fazer um Live Content memorável para aumentar a visibilidade, confiabilidade e autoridade de sua empresa, opte por um Live Broadcast.

Os tipos de Live Content variam de acordo com a adequação ao seu planejamento de marketing e à disponibilidade de tempo e de investimento de sua empresa com a estratégia.

Porque utilizar o Live Content na estratégia de marketing de sua empresa?

Os benefícios em utilizar o conteúdo ao vivo vão além do fato de ser inovador. Podemos destacar:

Personificação da sua marca

As pessoas preferem interagir com outras pessoas e não com empresas. Ao realizar uma transmissão ao vivo, mesmo que seja por meio da página de sua marca em uma rede social, a interação será entre pessoas.

Aumento do engajamento com o público

Por meio dessa estratégia, o público se sentirá à vontade para interagir com você a todo momento, seja enviando mensagens, emojis ou opiniões. Além disso, há a possibilidade de modificar sua estratégia em tempo real, sempre que necessário.

Validação mais rápida de novos produtos

Conversar diretamente com o seu consumidor e apresentar em uma conversa espontânea o novo produto que você pretende comercializar, por exemplo, faz com que o público se sinta parte do processo de criação de sua empresa.

Dessa forma, seus próprios clientes irão aprovar o produto ou apontar quais são as modificações necessárias para o lançamento.
Integração de marketing

Como você viu, o conteúdo ao vivo integra o marketing online e o offline a partir do momento em que é possível levar o espectador online para o evento offline.

Como colocar o Live Content na prática em sua empresa?

Para colocar em prática a sua estratégia de transmitir conteúdo ao vivo, atente-se para essas dicas:

– Faça um planejamento de conteúdo: a ideia de interagir ao vivo deve ter um objetivo claro a ser alcançado em sua campanha publicitária;
– Anuncie o Live Content: produza conteúdo para e-mail ou posts, convidando seu público para se conectar no horário marcado;
– Teste as necessidades técnica: cheque a sua conexão banda larga com a internet e, nos casos de Self Streaming e Social Live, atente-se à bateria de seu dispositivo móvel.

Se você quer que a área de marketing de sua empresa seja sinônimo de inovação, não deixe de investir em Live Content. Siga a gente no FacebookTwitter, e LinkedIn  e continue por dentro de outras novidades como essa!