O Inbound Marketing é ainda novo no Brasil. Quando as empresas pensam em investir, muitas delas ficam em dúvidas em relação aos valores, especialmente por não terem um parâmetro de mercado. Essa é a sua dúvida também? Então, continue com a gente no post  para saber o orçamento das empresas brasileiras B2B e B2C para Inbound Marketing.

 

Quebrando paradigmas

O primeiro paradigma a quebrar é o de Inbound Marketing ser custo, pois na verdade é um investimento e daqueles de #1 baixo risco, #2 mensurável e #3 que dá retorno.

#1 Baixo risco porque provavelmente você já está investindo em marketing e seu orçamento pode inicialmente ser otimizado. No Brasil, 58% das empresas já praticam algum elemento de Inbound Marketing e destas 93% pretendem manter ou aumentar o orçamento para esta estratégia, 48% devido ao sucesso no ano anterior e 30% por mudança na gestão.

#2 Mensurável devido às ferramentas de automação apresentarem uma variedade de indicadores relacionadas aos estágios de compra da sua persona. Existem ferramentas de maior ou menor complexidade na entrega de indicadores para monitoramento de resultados, variando de acordo com a necessidade de cada empresa e projeto.

#3 E que dá retorno? Sim! As empresas brasileiras que já praticam Inbound Marketing afirmam que o custo por lead utilizando Inbound Marketing é 47% mais barato que usar a estratégia de Outbound e que 38% atingiram um ROI maior que no ano anterior.

 

Porcentagem de empresas brasileiras que utilizam Inbound Marketing por segmento e setor

A grande vantagem é que Inbound Marketing é para todos, empresas pequenas, médias, grandes, B2B ou B2C. Quando falamos em marketing de atração, para gerar leads qualificados e convertê-los em oportunidades de vendas, o método é o mesmo. A diferença está na estratégia, que é muito personalizada para cada negócio. Tem empresas de todos os portes produzindo excelentes conteúdos e gerando resultados efetivos com Inbound Marketing de acordo com sua escala de investimento x objetivos.

No caso de segmento de mercado, o Inbound Marketing como fonte principal de leads é aplicado em 47% das empresas B2B e 41% das B2C do Brasil atualmente.

E se ainda tem dúvida se esse modelo vale para a sua empresa, veja no gráfico a seguir as empresas por setor.

Fazer Inbound Marketing internamente ou contratar uma agência especialista, eis a questão!

Se entre as prioridades do seu negócio está aumentar o número de leads e melhorar a conversão de oportunidades em clientes, é bem provável que tem se perguntado como ser assertivo na decisão entre contratar um agência especializada em Inbound Marketing ou utilizar os recursos internos.

Neste caso, leve em consideração alguns fatores:

#investimento: aqui vale uma comparação detalhada e objetiva de investimentos. Importante: se estamos falando de um recurso interno, não esqueça de incluir salário, encargos, férias, benefícios, horas extras, capacitações e outros.

#tempo de implementação: avalie se sua empresa pode esperar o tempo de amadurecimento da equipe x experiência e modelo já consolidado que a agência especialista está ofertando. Também é importante avaliar cases de sucesso que a agência possa defender e melhores práticas, se forem do mesmo segmento que o seu, mais um ponto a favor.

#competências necessárias: um projeto de Inbound de Marketing é bastante complexo e exigirá algumas competências como: planejamento, análise de métricas, conhecimento técnico em produção de conteúdo, mídias sociais, SEO, e-mail marketing, mídia digital, programação HTML e outras. As agências já possuem uma equipe multifuncional capacitada e com experiência em Inbound, por isso, é importante avaliar todas as competências que precisará ter internamente e, se necessário, o tempo e investimento de capacitação.

Para uma análise mais detalhada recomendo ler o artigo contratar uma agência de Inbound ou fazer internamente.

Quanto terei que investir?

Primeiramente, é importante saber que há muitos fatores que diferem o valor do investimento em um projeto de Inbound Marketing e estes são orientados pelas estratégias da própria empresa. Historicamente, as empresas iniciam com um investimento menor e vão ampliando o orçamento, conforme vimos no primeiro item deste artigo.

Empresas com diferentes valores de orçamentos têm investido nesse modelo, veja no gráfico a seguir:

 

Fonte: Hubspot – Pesquisa: O estado do Inbound Marketing no Brasil 2015.

  • Das empresas brasileiras que possuem até R$ 25 mil de orçamento anual para marketing, 55% utilizam estratégia de Inbound Marketing;
  • Entre aquelas com R$ 25 mil a R$ 100 mil de orçamento, o número sobe para 64%.

E aí, já ficou mais encorajado a investir em Inbound Marketing para o seu negócio? Como mostramos no post, não estamos mais falando de uma tendência, o Inbound já é uma realidade nas empresas brasileiras e, quanto antes sua empresa considerar essa estratégia, mais cedo poderá usufruir dos muitos resultados que ela pode trazer.