O inbound marketing consiste em uma estratégia mercadológica que atrai um público qualificado por meio da produção e da divulgação de conteúdo relevante, criando, a partir daí, novas oportunidades de negócio. E você sabia que ele ainda é mais barato do que o marketing tradicional?

Além desse custo relativamente menor, existem ferramentas e técnicas que podem auxiliar empresas de médio porte na execução da estratégia. Para você entender melhor como funciona esse processo, vamos mostrar como fazê-lo  para médias empresas! Acompanhe:

 

Defina um objetivo claro para sua estratégia

O primeiro passo para uma estratégia de sucesso é definir um objetivo claro. Já que o inbound ajuda seu negócio a captar oportunidades de negócio — os famosos leads — mais qualificados, ou seja, mais propensos a comprar ou contratar o produto ou serviço que comercializa, o que precisa estar bem claro é o que você deseja que esses leads façam! A sua empresa está lançando um novo produto e quer educar o mercado para que ele o conheça e o use? Deseja aumentar as vendas para um serviço que já está estabelecido? Seu negócio acabou de receber um investimento e está crescendo? Para ter um começo de sucesso, deixe claro aonde você deseja chegar.

O objetivo da estratégia pode estar relacionado a diversos aspectos da sua empresa. Você pode criar objetivos similares ao principal do negócio, por exemplo, ou criar uma meta que suporte esse objetivo principal. As possibilidades são várias! Só se lembre de criar objetivos condizentes com o tamanho da sua empresa e o da sua equipe, não tentando dar um passo maior que a perna!

Saiba exatamente com quem você está falando

Todo negócio possui um público-alvo, um conjunto de pessoas que se interessam pelo seu produto e tem o perfil de compra da sua empresa. Mas para o inbound marketing é preciso ir além do já conhecido público-alvo, é necessário criar personas. Personas são perfis semificcionais do seu cliente ideal. Sabe aquele comprador que você usa de exemplo para todas as suas transações bem-sucedidas? Ele é a sua persona!

Para empresas de médio porte, a criação da persona é peça-chave para que a estratégia seja bem administrada. Você precisa saber com clareza com quem está falando para otimizar esforços e economizar tempo e dinheiro. Para ajudá-lo a entender melhor sobre personas e sobre como definir a certa para o seu negócio, confira este outro artigo aqui do blog. E bola pra frente!

Use ferramentas para facilitar o seu dia a dia

Um dos grandes desafios de uma estratégia do marketing de atração é manter os processos em dia, atualizados e funcionando direitinho. E esse pode mesmo ser um desafio para empresas de médio porte, uma vez que, muitas vezes, o time de marketing disponível não é tão grande. Mas isso não é mais um problema, porque existem no mercado diversas ferramentas de automação de marketing criadas exatamente para auxiliar na manutenção da sua estratégia.

Essas ferramentas são importantes para facilitar seu trabalho! Dentro das ferramentas de automação existem dezenas de serviços colocados em uma mesma plataforma para agilizar os processos. As melhores e mais famosas ferramentas — como a RD Station e a Hubspot, por exemplo — reúnem em um só software automação de e-mail, nutrição de leads, CRM de leads, redes sociais, gerenciamento de conteúdo, criação e manutenção de landing pages e muito mais! Assim você basicamente dá poderes a seu time de marketing com a otimização de processos que, manualmente, durariam décadas!

Conte com parceiros sempre que precisar

Administrar uma campanha completa de marketing digital e o marketing de atração é uma tarefa que exige dedicação e consome tempo. Por isso, se seu time é bastante enxuto e não consegue gerenciar todos os pontos, você precisará contar com um parceiro de confiança!

Quando falamos de parceiro, estamos falando de agências especializadas que podem cuidar parcial ou totalmente da sua estratégia e operação. As ferramentas de automação são um exemplo de parceiro que cuida de uma ponta da sua estratégia, mas também existem agências especializadas em inbound marketing que podem alavancar seus resultados e objetivos, ultrapassando as limitações de um time reduzido, por exemplo.

Acompanhe os resultados da sua estratégia com métricas

Medir a evolução da sua estratégia é indispensável, tanto para otimizar quanto para planejar as próximas ações. Números podem desencadear insights interessantes que mostram como tudo está funcionando na prática. Para acompanhar essa evolução existem algumas métricas interessantes que devem ser acompanhadas constantemente. Lembrando que acompanhar essas métricas com frequência gera relatórios consistentes para mostrar o desenvolvimento de sua estratégia. Além disso, boas métricas são indispensáveis para mostrar a seus superiores ou sócios que o  marketing realmente traz resultado!

A primeira delas é o CAC ou Custo de Aquisição por Cliente, que basicamente mostra quanto custa captar cada um dos seus clientes que efetivam uma compra. O cálculo é relativamente simples, bastando subtrair do total pago pelo serviço quanto foi investido na aquisição desse cliente. Se o resultado for negativo, algo está errado!

Como o marketing de atração trabalha lado a lado com o funil de vendas, uma métrica muito relevante é a taxa de conversão entre os estágios do funil. Quantos leads passam do topo para o meio, do meio para a base e então efetivam uma compra? Taxas de conversões muito diferentes podem ajudar a identificar falhas ao longo dos processos. Se muitos clientes passam para o meio do funil, mas não continuam até a base, pode haver alguma falha ou melhoria a ser feita nesse estágio.

Por último, uma das métricas mais relevantes para empresas de médio porte é o Lifetime Value ou LTV do cliente, que estima o lucro futuro gerado pelo tempo de relacionamento da empresa com o cliente. O LTV é o total recebido desse cliente por todos os serviços adquiridos, menos o que foi gasto com ele vezes o número de compras realizadas. Calma, porque uma calculadora facilita!

Agora que você já sabe dos benefícios do inbound marketing para empresas de médio porte e como iniciar uma estratégia na sua própria empresa, é hora de efetivamente adotá-lo! E se quiser ficar de olho em mais dicas sobre como criar uma estratégia de sucesso, continue acompanhando nosso blog!