Sabia que até mesmo algumas agências de marketing, que deveriam ser especialistas no assunto, têm dificuldades em gerar leads com seus blog posts? Isso se deve à insistência em aplicar algumas práticas já ultrapassadas e também a outros tantos problemas de estratégia. Quer saber o que não fazer? Então confira agora mesmo 5 erros comuns ao tentar gerar leads com blog posts e evite cair na armadilha você também:

Pensar no Google e não nos leads

Esse é provavelmente o pior erro em qualquer estratégia de inbound marketing: quando a produção de conteúdo é voltada para os algoritmos do Google e não para as pessoas. O redator então enche o texto com palavras-chave, o webmaster faz um trabalho quase artesanal nas title tags e vários trechos recebem links para páginas internas de forma artificial.

Pensar em como os robôs do Google lerão o post é necessário sim, mas, no final das contas, o texto será lido, compartilhado e curtido por pessoas, não robôs. Ao menos é o que sua empresa quer! Portanto, a primeira prioridade é entregar um conteúdo que faça diferença na vida de quem efetivamente o consome. O resto é secundário.

Usar palavras muito concorridas

Existe um termo no mercado chamado CSI — que nada tem nada a ver com o seriado policial. Esse é o Content Saturation Index ou Índice de Saturação de Conteúdo, uma forma de medir termos sobre os quais já existe competição demais on-line, sendo difícil competir com simplesmente mais um post.

Quem chega mais tarde ao mercado ou a um nicho qualquer deve pensar que é muito difícil concorrer com páginas estabelecidas há anos, com muito conteúdo já publicado. Por isso, foque em ter maiores chances de se destacar em menos tempo ao usar termos com pouca concorrência.

Generalizar o público-alvo

Advogados normalmente procuram na internet por palavras relacionadas ao Direito. Dentistas, a termos relacionados à Odontologia. Engenheiros querem saber mais sobre a própria indústria ou sobre como certo produto, prática ou serviço afeta ou vem sendo usado em seu mercado. Isso é mais que óbvio, mas na hora de produzir seus posts muita gente não pensa assim tão claramente.

Produzir conteúdo para indústrias específicas é uma ótima forma de gerar contatos, uma vez que a concorrência é menor quanto mais específica for a combinação de termos de pesquisa no Google. Que tal analisar alguns exemplos de títulos para esclarecer essa questão? “A meditação funciona?” é um título bom, mas só. “Quanto tempo demora para a meditação trazer resultados?” já melhora bastante. “Quanto tempo demora para a meditação trazer resultados no ambiente de trabalho?” fecha com chave de ouro!

Como Gerar Leads Confira o E-book


Deixar faltar relevância e proximidade

Orientações genéricas não costumam atrair muito os leitores, por não terem o diferencial necessário. O post vai entregar um conteúdo bem mais relevante e que as pessoas terão mais vontade de linkar e compartilhar se trouxer histórias reais, estudos de caso e relatos sobre como a empresa reagiu a um erro ou um eventual imprevisto. Também ajuda se o post tiver uma voz pessoal, assinado por uma pessoa real. Ou até várias!

Centralizar o blog em um autor só

Deixe-o ao cargo de um blogueiro e o seguinte acontecerá: ele será um grande especialista em blogar! O que queremos dizer é que a experiência de uma só pessoa é extremamente limitada.

Fato é que a empresa tem maior capacidade de atrair leads em diferentes nichos do mercado se diversificar também seus autores. Perspectivas diferentes enriquecem a vida do leitor e multiplicam as chances individuais de cada post no quesito atração de leads. Afinal, pessoas diferentes usam palavras-chave diferentes e têm experiências igualmente únicas.

Agora comente aqui e nos conte se a sua empresa ainda comete algum desses erros! Qual deles? Compartilhe suas experiências conosco e participe da conversa!