Atitude e vontade de colocar os projetos em prática são os primeiros requisitos para quem deseja ter sucesso em um negócio próprio. No entanto, apesar de ter motivação de sobra, muitos novos empresários acabam cometendo erros por falta de experiência. Isso é totalmente normal e faz parte do processo. O problema é que muitas dessas falhas podem impedir o projeto de crescer.

Por isso, neste post vamos listar os erros mais comuns que empreendedores cometem na prática e mostrar o que pode ser feito para superar essas dificuldades. Felizmente, com as ferramentas digitais que temos hoje, buscar informações e acelerar a evolução de um negócio próprio é mais possível do que nunca. Veja só!

Desconhecimento do público-alvo

Imagine você tentar vender consultoria empresarial para pessoas físicas, ou então oferecer imóveis para alguém que acabou de comprar o seu. Parece óbvio que não vai funcionar, certo? Pois é. Entretanto, muitas pessoas simplesmente ignoram o público-alvo na hora de criar um negócio. Outras simplesmente oferecem seus serviços para todos que encontram pela frente.

Além disso, muitos empresários têm certeza de que conhecem seus consumidores a fundo, mas nunca se deram ao trabalho de fazer uma pesquisa sequer. Atitudes assim podem arruinar qualquer projeto comercial. De nada adianta criar conteúdos, produtos e serviços incríveis se eles não forem exatamente o que o seu público está esperando.

Falta de investimento em marketing

Se por um lado ignorar as pesquisas de público-alvo é um erro grave, conhecer o perfil das pessoas com as quais sua marca se relaciona não é o suficiente. Você precisa se comunicar com elas, ganhar confiança e ouvir feedbacks. Lembre-se: uma das suas principais missões é fazer com que aqueles que realmente precisam dos seus produtos e serviços fiquem sabendo que eles existem.

Medo de ousar

Todo mundo sabe que, hoje em dia, a concorrência nos mais variados nichos de mercado é gigantesca. Por isso, para se destacar, é preciso fazer coisas novas. Isso vale para a sua comunicação, seu modelo de negócio, atendimento ao cliente e por aí vai. Do contrário, não adianta esperar por grandes resultados.

Falta de organização financeira

Esse é o erro cometido por 9 em cada 10 novos empresários. Nunca deixe de controlar seu fluxo de caixa, vendas, estoque e notas fiscais. E não caia no erro mais básico em que muitos empreendedores individuais insistem: a falta de separação entre as contas pessoais e empresariais. Quando o assunto é dinheiro, sua vida privada e seu negócio não devem se confundir.

Não aproveitar as facilidades do meio digital

Com a popularização da internet e todas as suas ferramentas, a barreira para criar ou expandir um negócio próprio está cada vez mais baixa. Hoje é muito mais fácil escalar processos, automatizar tarefas e até mesmo contratar freelancers ou consultorias para terceirizar o seu marketing, atendimento ao cliente ou webdesign, por exemplo. Ignorar essa possibilidade pode fazer você perder muito faturamento.

Pronto! Agora você já tem muitas informações em mãos para prevenir os principais erros e fazer o seu negócio próprio decolar. Ah, e não se esqueça da última dica que deixamos aqui. As ferramentas e facilidades da internet são o caminho mais rápido para levar sua mensagem a cada vez mais pessoas. E não só isso: por meio do marketing digital, automatizar a prospecção e as vendas está mais prático do que nunca.

Você já cometeu algum dos erros que citamos aqui? Quais foram as estratégias para corrigi-los? Venha dividir sua experiência conosco nos comentários!