Há algum tempo falamos aqui no blog sobre os motivos para sua marca estar nas mídias sociais, lembra? Pois bem, estar nas mídias sociais é mesmo importante por uma série de motivos, o que inclui o engajamento. Mas você por acaso sabe por que ter seguidores engajados é importante para uma empresa? E saberia medir esse engajamento social? Então guarde, desde já, que existem diversas teorias, técnicas e táticas para medir o engajamento, mas você obviamente optará pelo método mais seguro e eficaz, aquele que efetivamente traz resultados para a empresa. Quer saber que técnica é essa? Curioso para conferir o conteúdo deste post? Confira!

Afinal, o que é esse tal engajamento social?

Segundo especialistas da área, engajamento é o nível de envolvimento, interação, intimidade e influência que uma pessoa tem com uma marca. E isso significa que um seguidor da sua fan page no Facebook nem sempre é engajado, assim como uma pessoa que compartilha um conteúdo uma única vez também não é. Quando você conta com um usuário realmente engajado com sua marca, há uma interação frequente, das mais diversas maneiras, estabelecendo concretamente um relacionamento entre marca e cliente.

Os pilares do engajamento — envolvimento, interação, intimidade e influência — servem para que você saiba como medir o nível de relacionamento de cada pessoa com sua empresa e, assim, entender o impacto que essas ações têm no seu negócio, gerando para ele valor real.

Como medir o engajamento da sua empresa?

Antes de mais nada, você precisa saber que as métricas de engajamento social devem estar atreladas a seus objetivos de negócio. Se você tem como objetivo aumentar o número de clientes do seu e-commerce, por exemplo, uma das métricas de engajamento deve ser a quantidade de direcionamentos que suas redes sociais trazem para o site. Com isso em mente, foque nos 4 grandes pilares, são eles:

Envolvimento

O envolvimento reflete o primeiro contato de um visitante com a sua marca. Sendo assim, você deve medir o número de visitas únicas, o número total de visitas ao site, a quantidade de páginas vistas e o tempo de navegação, dentre outros. Esses dados revelam como as pessoas estão se envolvendo com sua empresa, permitindo que você aprimore os pontos de contato com o cliente, proporcionando uma experiência cada vez mais única e atrativa.

Interação

Nesse segundo estágio, você tem um lead ou cliente ativo, que interage com sua marca e espera que você faça o mesmo. Então é o momento de aprender a medir tanto a qualidade como a quantidade de comentários, menções, compartilhamentos e afins, visando sempre compreender como essa interação acontece, quais são seus pontos fortes e fracos e como superar as expectativas para manter a atenção na sua marca.

Intimidade

Intimidade tem tudo a ver com o sentimento que as pessoas carregam por sua marca e como o mostram em comentários, menções, avaliações e quaisquer outras formas de expressão de opinião. Para fortalecer esse estágio do engajamento, construa uma personalidade marcante para sua empresa, humanizando o contato com a audiência e falando sempre de pessoa para pessoa. Não há nada como uma boa conversa para aprofundar a intimidade com seu público!

Influência

Por fim, a influência reflete o grau de satisfação dos seus clientes com a empresa, levando em conta a probabilidade de recomendação ou de recompra. Mas como medir isso? Faça uma breve pesquisa, perguntando, em uma escala de 0 a 10, qual seria a intenção de recompra ou ainda qual é a probabilidade de seu cliente recomendar sua empresa, seus produtos ou serviços. Quando um cliente se torna um influenciador, age como um verdadeiro embaixador da marca, alavancando o alcance de suas estratégias.

Likes, retweets e seguidores são métricas de engajamento?

Apesar de demonstrarem números expressivos e, muitas vezes, até mais motivadores do que o número de visitas a uma página, o fato é que o número de likes, retweets, seguidores e assim por diante não consegue, sozinho, gerar negócios para a empresa. Um post em um blog pode ter 50 mil likes e não converter sequer um lead! Assim, seu esforço acaba não sendo recompensado. É por esse motivo que você precisa sempre ter em mente os objetivos de seu negócio e como suas ações de marketing digital efetivamente contribuem para elevar seus resultados.

Se um dos objetivos é aumentar o alcance da sua marca, o número de compartilhamentos e de retweets é, sim, importante, já que isso significa que você está mesmo sendo visto por mais e mais pessoas. Em contrapartida, se o objetivo é gerar leads e vendas, o número de compartilhamentos e retweets não é nada relevante, a não ser que essas ações gerem, de uma forma ou de outra, os leads que você tanto deseja obter.

Por que o engajamento social é tão importante?

Veja como a lógica não é nada complicada e entenda a importância do engajamento social: quanto mais pessoas engajadas com a sua marca, mais oportunidades de negócios você tem. Ao entender o impacto que cada ação gera para a empresa, você passa a ter condições de aprimorar suas estratégias de marketing e vendas para melhorar sua performance no mercado.

Compreendendo as reações do seu público, você traça um perfil mais detalhado das personas do seu negócio, desenvolvendo produtos e serviços cada vez mais alinhados às necessidades dos seus clientes e com maior potencial de vendas. Dessa forma você ainda aprofunda o relacionamento com sua base de leads e clientes, gera empatia e movimenta seu funil de vendas com mais agilidade, ganhando vendas.

O que fazer para aumentar o engajamento?

Engajar pessoas é um trabalho de longo prazo que requer bastante cuidado por parte de qualquer que seja a empresa. Separamos aqui algumas dicas para aumentar seu engajamento a partir de agora:

  • Conheça sua audiência e o que ela precisa;
  • Crie empatia com seus seguidores;
  • Ofereça conteúdo de qualidade;
  • Seja recíproco em elogios;
  • Dê feedbacks aos seus clientes;
  • Interaja sempre que possível;
  • Mantenha canais de comunicação abertos e transparentes com a audiência;
  • Personalize sua comunicação;
  • Compartilhe seu conhecimento;
  • Ajude sempre que necessário;
  • Evite a autopromoção.

Viu só como medir o engajamento pode trazer diversos insights importantes para seu negócio? Que tal ir além e aprender também como definir métricas de leads para sua empresa? Lembre-se de que os leads são o motor das suas vendas! E não se esqueça de deixar aqui seus comentários, dividindo suas impressões conosco!