A retenção de clientes tem sido uma dificuldade cada vez mais frequente nas agências de publicidade. De acordo com o iZoom 2018, quase 17% dessas empresas convivem com esse desafio em suas rotinas. A boa notícia é que existem práticas simples que podem ajudar a tornar os clientes verdadeiros “advogados” da agência.

 

Para alcançar esse objetivo, uma excelente medida é investir em um bom planejamento de mídia digital. Quando bem executado, ele facilita o entendimento das necessidades do cliente, contribuindo para que as tarefas estejam em perfeita sincronia com as suas necessidades.

 

Se você também enfrenta dificuldades para reter seus clientes, não se preocupe. Neste post, falaremos da relação entre um planejamento de mídia digital bem elaborado e a retenção de clientes nas agências publicitárias. Continue conosco!

 

Quais etapas compõem um planejamento de mídia digital?

Existem alguns modelos de planejamento de mídia digital disponíveis. O ideal é que ele reúna todas as informações necessárias para que a equipe responsável por determinada campanha consiga desempenhar o seu melhor. Abaixo, listamos pontos que não podem faltar no seu planejamento, confira:

 

  1. diagnóstico do negócio do cliente;
  2. briefing;
  3. estratégias que serão executadas;
  4. cronograma de ações;
  5. proposta;
  6. implementação das ações;
  7. apresentação de resultados.

Como um bom planejamento de mídia auxilia na retenção de clientes?

 

Como fazer um planejamento estratégico de marketing digital


 

Ajuda a entender os objetivos do cliente

Como sabemos, quanto maior o nível de conhecimento em relação aos clientes, maiores serão as chances de entregar resultados alinhados com as necessidades e objetivos deles. E convenhamos, não há nada mais gratificante do que a satisfação de um cliente ao receber um job e perceber que era exatamente aquilo que ele desejava.

 

Sendo assim, ao acumular uma série de boas experiências, essa relação acaba sendo consolidada de modo a fidelizá-la por todo o seu ciclo de vida.

 

Mas, esse resultado não acontece milagrosamente. Entre outros fatores, o processo de retenção é fruto de um planejamento de mídia digital eficaz, com informações pertinentes, que funcionem como referência para todo o time.

 

Nesse caso, é importante que se entenda os objetivos do cliente. Afinal, o que ele pretende? Aumentar as vendas? Gerar leads? Educar o seu mercado? Ou, simplesmente potencializar o conhecimento da sua marca?

Auxilia na criação de estratégias que solucionem um problema

Muitas vezes, a motivação de uma empresa em procurar uma agência parte somente quando há um problema que precisa ser solucionado. Se você possui clientes assim, sabe que situações como essas demandam estratégias bem delineadas, que cumpram a tarefa de solucionar os atuais gargalos do cliente.

 

Suponhamos que um cliente que possua um e-commerce queira aumentar o seu ticket médio, mas ainda não tem uma persona bem definida. Neste caso, o recomendado é que, ainda na etapa de planejamento, você faça um levantamento de personas para compreender a melhor forma de se comunicar com o potencial consumidor. Desta forma, elaborar estratégias alinhadas com a necessidade citada anteriormente, torna-se uma tarefa muito mais simples e assertiva.

 

Evita a perda de deadlines

Que o planejamento de mídia é a base para que a agência consiga elaborar campanhas baseando-se em informações completas e pertinentes, você já sabe. Além disso, essa prática é crucial para evitar que deadlines sejam perdidos em meio a tantas tarefas na rotina de uma agência.

 

E se é para manter os clientes satisfeitos, a entrega de serviços dentro do prazo estipulado é o primeiro passo para gerar confiabilidade e mostrar que a equipe é organizada.

 

No planejamento, estão reunidas todas as particularidades referentes ao cliente, com os seus objetivos e até o posicionamento atual no mercado em que atua.

 

Assim, a equipe responsável pela campanha não perderá tempo buscando informações sobre esse cliente durante a execução do job, uma vez que elas estarão inseridas em um documento formalizado.

 

Desta forma, o tempo (que já é tradicionalmente curto nas agências, levando em consideração o alto volume de demandas), é muito melhor aproveitado para produzir o melhor sem ultrapassar o deadline.

 

Proporciona um leque de novas oportunidades

Tão importante quanto apresentar soluções que o cliente já esperava, é enxergar novas oportunidades e surpreendê-lo com ideias “fora da caixinha”. Não estamos dizendo que o time responsável pelo job deve criar algo totalmente diferente do combinado. A ideia, é que a agência  enxergue possibilidades, até então não consideradas no planejamento, e as apresente para o cliente.

 

Por exemplo, ao fazer pesquisas de palavra-chave para otimizar uma campanha, esse documento poderá servir como apoio para um leque de novas ações em mídias sociais, por exemplo. Quando bem realizada, essa pesquisa gera uma análise aprofundada de termos em relação a própria empresa do cliente e de seus concorrentes.

 

Além disso, quando elaborada na fase de diagnóstico — a primeira fase do planejamento de mídia —, é possível identificar termos-chave para guiar a escolha dos melhores canais, tornando mais fácil a tarefa de inserção no ambiente digital.

 

Bem. É notável que um planejamento de mídia digital bem elaborado é a base para que uma equipe consiga trabalhar a fim de entregar resultados condizentes com as expectativas do cliente. Do contrário, as alterações farão parte da rotina da sua agência, gerando retrabalho para o time.

 

Vimos também que o planejamento de mídia pode ser uma ótima alternativa para a retenção dos clientes, uma vez que nesse documento estarão alocadas todas as informações imprescindíveis para a elaboração das demandas.

 

Agora que você viu o quanto um bom planejamento de mídia digital auxilia para a retenção dos seus clientes, que tal entender mais sobre o atual contexto das agências no Brasil? Conheça o iZoom 2018, o levantamento que revela como as empresas criativas estão lidando com dificuldades na gestão e encontrando oportunidades para solucioná-las.