Parte do sucesso de um planejamento estratégico de Inbound Marketing passa pelo conhecimento e definição do público-alvo que a marca deseja atingir com as ações de ativação e nutrição do funil comercial. Mas falar em público-alvo parece algo muito vago, ainda mais quando se lida com uma infinidade de dados. O Marketing será mais assertivo quando dispor de um perfil do público que compra seus produtos. Nesse ponto surge a Persona de Interesse que é basicamente uma pessoa padrão, considerada pela marca como o consumidor ideal. Ela torna tangível as informações coletadas de quem está do outro lado do PC, Tablet ou Smartphone. Devemos levar em conta essas pessoas com suas características, interesses e comportamentos.

Estabelecer uma representação visual do perfil da pessoa que está neste ambiente web é interessante. Quanto mais tangível estas informações e dados forem relacionados a nossos sentidos humanos melhor. O termo vem realmente da palavra personagem, pois assim como na ficção existe um ou mais perfis criados para representar os tipos de públicos de interesse da empresa. Os clients ideais são criados com nome, vontades e hábitos, através de pesquisas e representam, em grande parte, para quem estamos planejando e desenvolvendo ações. É uma forma de segmentação de mercado.

Abaixo, algumas questões que podem contribuir para definir a Persona de Interesse para seu negócio:

Informações Demográficas: Qual o sexo, idade e renda média? Solteiro, casado? Tem filhos? Mora sozinha ou divide a casa com amigos ou familiares? Reside em área urbana, suburbana ou rural?

Histórico: Quais os dados sobre educação e experiências? Possui hobbies? Qual seu aprofundamento cultural?

Estilo da Persona: É uma pessoa extrovertido ou reservada? Ostenta um estilo de vida com hábitos caros ou é conservadora na hora de gastar? Quais as informações pertinentes sobre a empresa onde trabalha? Quais os detalhes do seu emprego e responsabilidade que possui?

Metas e objeções: Quais as metas o cliente ideal ao comprar produtos da marca? Quais as objeções em relação a seu serviço ou produto? Consulta alguém antes de comprar? Usa a internet para pesquisar sobre a marca?

Expectativa de compra: É a principal compradora da casa? O que compra e em que momento compra? Só em ofertas ou a qualquer tempo? Interagem com empresas concorrentes? O que espera de sua empresa? Espera assistência? Interage com a marca? Leva a opinião de outros consumidores em conta?

Com esse roteiro em mãos reúna a maior quantidade de respostas possíveis e então defina quem é essa persona fictícia no qual se deve focar o Planejamento. Procure uma imagem representativa dela e nomeie. Você observará que a partir desta simples ação, seu planejamento e ações serão mais eficazes.