As estratégias de marketing passaram de estratégias tradicionais como a propaganda e o cold-calling, para estratégias educacionais e centradas no cliente, como whitepapers e estudos de caso. A variação do marketing, conhecida como Inbound Marketing, é considerada uma estratégia centrada no cliente, porque afinal, são os consumidores que estão no comando e no centro do processo de vendas.

Mesmo que a transição de marketing tenha sido dramática, é possível (e até mesmo provável) que muitas organizações ainda estejam presas no passado com os processos de vendas antiquados. A mudança pode ser difícil tanto para empresas pequenas quanto grandes, especialmente se houver a percepção de que as técnicas antigas ainda estão funcionando.

Gastar menos tempo e dinheiro em atividades como o cold-calling e publicidade permitirá que a maioria das organizações melhore seu resultado final sua linha de fundo, quase que imediatamente. Muitas vezes, o que falta é entender o Inbound Marketing mais profundamente para se ter uma noção de como os processos de marketing podem ser melhorados.

 

Inbound Marketing não é apenas ter um blog

Apesar de já ser bem comum empresas, desde startups até as consolidadas no mercado, terem seus blogs, o uso da plataforma por organizações de todos os tamanhos, muitas vezes sofre de qualidade errática e expectativas excessivas. Por exemplo, encontrar informações específicas em um blog costuma ser frustrante para novos visitantes. Esta não é a experiência que você deseja que um cliente em potencial tenha quando estão buscando informações em seu site.

Se você está decidido a usar o blog a favor da sua empresa, faça mais do que usá-lo como uma base de conhecimento com respostas rápidas para perguntas simples. É muito mais adequado usar o blog para publicação de artigos estendidos sobre novos lançamentos e características do produto ou serviço que você oferece, white papers e estudos de caso.

Também é importante lembrar que você pode usar seu blog para estabelecer parcerias de marketing cruzado, em que você adiciona um hyperlink para o site de outra empresa em uma postagem de seu blog e, esta outra empresa, adiciona um hyperlink para a sua empresa no blog deles. Estabelecer este tipo de parceria é ótimo para aumentar a qualificação de seu site e fazer com que sua empresa apareça mais facilmente nos mecanismos de busca.

 

Como Gerar Leads Confira o E-book


 

Erros comuns a serem evitados em sua estratégia de Inbound Marketing

Quando é feito corretamente, o Inbound Marketing de entrada pode melhorar a qualidade e os resultados de lucro. No entanto, quando não executado da forma certa, os gerentes se sentirão tentados a reverter às velhas maneiras de se fazer as coisas.

Veja abaixo os dois erros mais comuns:

Conteúdo duplicado: Por que conteúdo duplicado é um grande erro no Inbound Marketing se os potenciais compradores nem ficariam saberiam que o conteúdo é duplicado? Pra começar, muitos leitores não encontrarão o seu conteúdo pelos mecanismos de busca. Com um aumento do volume de conteúdo duplicado, os algoritmos de pesquisa atuais têm ignorado tanto o conteúdo original quanto suas cópias.

Muita autopromoção: De fato, você pode (e deve) anunciar seus produtos ou serviços através do seu blog mas, não deixe que a sua empresa seja o assunto principal do blog. Publique muito mais postagens que não sejam obviamente auto-promocionais. Você pode, por exemplo, escrever um artigo profissional e sem viés sobre dicas em relação a um produto/serviço que você oferece e inserir no texto hyperlinks que redirecionem o leitor às páginas do seu site em que há maior conversão de compras (landing pages). Outra forma, é adicionar um botão no fim do texto com um convite ao leitor para conhecer melhor o seu site (call-to-action).

 

Não perca a chance de fazer uma boa primeira impressão

Ao avaliar novos serviços e produtos, os potenciais clientes têm grandes expectativas. Será que eles ficarão impressionados quando encontrarem seu site e seu conteúdo na Internet? Ter uma boa imagem nas redes sociais e uma boa classificação nos mecanismos de busca não ajudará muito se o conteúdo de seu site for de boa qualidade, preciso e informativo. De fato, este é um padrão que você não pode se dar ao luxo de errar. A repetição das visitas e, principalmente, das compras dependem disso.

Se o conteúdo do seu site for produzido por alguém que você contratou porque oferecia um valor mais baixo do que os outros concorrentes, você pode querer repensar essa estratégia. Ser visto como diferente e exclusivo aos olhos de seus potenciais clientes, podem exigir a contratação de profissionais mais experientes. Contratar um bom escritor irá fazer a diferença.

 

Conclusão

O Inbound Marketing é composto de quatro ações:

Atrair: Em primeiro lugar, devemos atrair a atenção dos usuários. Para isso, diferentes táticas ou ferramentas são usadas, como marketing de conteúdo, blog, SEO e redes sociais.

Converter: Um usuário que não conhece a marca e visita o seu site pela primeira vez deve ser pensado como um potencial cliente. Nesta ação, podemos lançar mão de ferramentas como call-to-action e landing pages.

Fechar: Nesta fase, o objetivo é levar o cliente a fechar uma compra, depois que o ele visitou o seu site e fez entender que está interessado no seu produto/serviço. O segredo aqui é mostrar ao cliente que você pensa nele. Envie um e-mail pessoal lembrando-o do produto que visualizou.

Cativar: A relação com o consumidor não deve acabar com a conclusão de uma compra. O próximo passo é conquistar os clientes para que eles tenham vontade de fornecer boas referências sobre sua empresa nas redes sociais e retornem para fazer mais compras. Mais uma vez, o marketing por e-mail e as redes sociais desempenham um papel fundamental.

Devemos lembrar novamente que Inbound Marketing é uma estratégia centrada no cliente. Quanto mais você entender sobre seus clientes, melhor você poderá alcançá-los. Desenvolver uma personalidade para a sua marca semelhante à personalidade de seus potenciais clientes e criar conteúdo que se comunique com eles é um processo econômico e que, permitirá que você aproveite ao máximo seu orçamento de marketing de entrada.